Ocorreu na segunda-feira 19, no Auditório do Ministério Público em Alegrete.

Os problemas com descarte de lixo são temáticas mais e mais frequentes nas discussões entre autoridades e governantes do nosso país. Conforme relatório da Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe), o Brasil tem quase 3 mil lixões funcionando em 1.600 cidades. Sendo que, por lei, todos os lixões do Brasil deveriam ter sido fechados até 2014, prazo dado pela Política Nacional dos Resíduos Sólidos.

 

Prefeita Adriane Schramm participou de reunião promovida pela AMFRO (Associação dos Municípios da Fronteira Oeste ) com Ministério Público através da Dra Anelise Jardel Grehs,  Promotora de Justiça e coordenadora do NUCAM - Núcleo de Resolução de conflitos ambientais, do Ministério Público.

 

A Proposta de criação de um Consórcio na AMFRO para viabilizar a instalação de dois aterros regionais para a destinação final de resíduos sólidos urbanos na Fronteira Oeste, um em Alegrete e outro em São Borja, foi discutida na reunião.

Data de publicação: 20/11/2018

Créditos: Ascom.Rhauni Vieira

Compartilhe!